LED em posto de gasolina traz economia de 74%

Posto de gasolina em São Paulo reduz em 74% o consumo de energia com retrofit de iluminação. A troca de 20 luminárias convencionais de vapor metálico com 400W de potência pela Extreme LED  Gas Station da Golden de 120W permitirá que o consumo mensal  passe de 9.200 kw para 2.400 kw. Uma redução na conta de luz R$ 1.365,10 por mês.

Os modelos de 5.700K foram aplicados nas áreas de abastecimento, onde têm as bombas de combustíveis “e a necessidade de iluminação com temperatura de cor próxima à luz do sol transmite sensação de segurança aos usuários do posto”, explica Ricardo Longarço, gerente comercial da Celena, empresa responsável pelo projeto luminotécnico.

O produto é a melhor solução para postos de gasolina porque tem acendimento automático em caso de pico de energia, enquanto a metálica pode levar até 15 minutos para reacendimento completo. Além disso, o tempo de vida de 50 mil horas do LED contra 10 mil horas da metálica contribui para reduzir o custo com manutenção. “Depois de 2.000 horas de uso, a lâmpada de vapor metálico perde cerca de 30% do fluxo luminoso”, acresce Longarço, que valoriza a melhor distribuição da luz pela Extreme LED Gas Station da Golden devido às lentes prismáticas em policarbonato que resultam numa uniformidade superior se comparada à tecnologia tradicional. Como já vem com driver integrado, seu módulo é de fácil instalação e manutenção.

Com um pay-back estimado de 9 meses, o estabelecimento que fica no Jardim Prudência (SP), próximo ao aeroporto de Congonhas, é o primeiro a ter experiência aprovada pelos proprietários que também têm outros três postos e pretendem expandir o investimento em LED a eles.
 
 
Ficha técnica
Projeto: Celena
Lâmpadas: Golden